Epidemia de mau humor no RS

Ainda sobre o processo Leticia Wierzchowski x Milton Ribeiro: li no blog dele os motivos que levaram a autora a decidir entrar com uma ação. O que me faz lembrar dos meus comentários a respeito da dispensa dos chargistas Kayser, Moa e Santiago do Jornal do Comércio, em 2007.

Provavelmente ninguém gosta de ser alvo de brincadeiras. Ainda mais quando “é famoso”. Deve ser horrível “ser conhecido” e ver que há gente nos criticando e fazendo piada. Pelo jeito, quem é “celebridade” não pode ter um pouco de bom humor.

O meu sobrenome já me rendeu apelidos. Não vou dizer quais eram: prefiro que os leitores façam seus chutes nos comentários. E, claro, processarei todos: se não sou famoso, ficarei – e o que vale mesmo é dinheiro acima de tudo, amigos! Vamos ver quanto consigo ganhar desse jeito…

4 respostas em “Epidemia de mau humor no RS

  1. Pois é, cara. Agora que tu mencionaste…
    Teu tio Weley deve ter te passado algum da ISL não?
    Um presentinho de aniversário de uns R$ 500.000,00???
    Quem sabe um cheque com endosso do Warrior atrás?

    Êêê tchurminha…

    • Bah, Guga, pior que eu nem tinha pensado nisso quando falei do meu sobrenome… Só tinha lembrado de “cardíaco” e afins, que eu ouvia nos tempos de colégio (ih, serei processado por mim mesmo, por debochar de meu sobrenome???).

      Abração e saudações tricolores! (E agora, me vou pro estádio…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s