A volta do “ranço”

Nunca fui muito fã de “baladas”. Quando adolescente, não ia só para ser “do contra”: todos os colegas iam e na segunda-feira só falavam das “festas” do final de semana. Já eu respondia que não via sentido em ir a “festas” que não comemoravam nada – uma vez escrevi isso EM INGLÊS, em um trabalho solicitado pela professora.

Só fiz minha “estreia” na “night” aos 18 anos. Apresentando minha identidade verdadeira – ao contrário do que sei que UMA GALERA faz, falsificando RG para poder entrar em “balada”. E de cara me decepcionei: “como assim não dá para ir de bermuda?”, visto que era VERÃO e diziam que eu estava indo ME DIVERTIR. Meus amigos disseram que era a primeira vez que eu ia e não sabia que tinha de usar calça comprida, e assim consegui entrar.

Por algum tempo frequentei tais ambientes. Passando calor para “me divertir”. Até que um dia enchi o saco e passei a recusar os convites para ir. E quando entrei no Orkut e descobri que existia uma comunidade chamada “Odeio baladas”… Passei a não só odiar, como também a julgar quem gostava.

Passou um tempo e entendi que era uma atitude muito idiota ficar falando mal de quem gostava de “balada”. Afinal, as pessoas tinham direito a ser felizes com seus gostos.

Até vir a pandemia da covid-19.

Hoje não consigo deixar de julgar quem, em meio à atual tragédia que vivemos atualmente, não vê o menor problema em ir para sua “festa que não comemora nada”. Impossível não sentir NOJO de quem vai para a “balada” enquanto muitas famílias brasileiras choram a perda de pessoas queridas para a covid.

Voltei ao “ranço” quanto a “balada”. Afinal de contas, qual é o sentido dessa merda?

Um comentário sobre “A volta do “ranço”

  1. Pingback: Brasil, o túmulo do bom senso | Cão Uivador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s