O que está acontecendo perto da Arena

O incêndio da Vila Liberdade, ao contrário do que se chegou a especular, não foi premeditado: começou com a briga de um casal. Mas o relato desta moradora do local dá uma amostra do que deve vir a acontecer na região que fica perto da Arena do Grêmio nos próximos anos. Assista até o fim.

Da Wikipédia:

Chama-se gentrificação, uma tradução literal do inglês “gentrification” que não consta nos dicionários de português, a um conjunto de processos de transformação do espaço urbano que, com ou sem intervenção governamental, busca o aburguesamento de áreas das grandes metrópoles que são tradicionalmente ocupadas pelos pobres, com a consequente expulsão dessas populações mais carentes, resultando na valorização imobiliária desses espaços.

Anúncios

O pior e o melhor do ser humano

Acompanhando as notícias sobre Santa Maria, decidi conferir as capas de jornais de diversas partes do Brasil e do mundo. E uma em especial me deixou bastante indignado: a de O Globo. Lá estava uma charge ultrajante, enojante, de Chico Caruso. Que, inclusive, me recuso a publicar aqui.

Isso é jornalismo? Isso é humor? (Já sabendo que alguns certamente dirão que meu questionamento é “patrulha ideológica”, a “cruzada do politicamente correto”.)

Pois bem: desde pequeno aprendi que com certas coisas não se brinca. E uma delas é a dor de tantas famílias.

Imaginava que piadas de péssimo gosto ficassem restritas àqueles “sem-noção” que há aos montes na internet. Jamais passou pela minha cabeça ver algo desse tipo na capa de um dos maiores jornais do país.

————

Ao mesmo tempo que uns demonstravam o pior do ser humano, muitos outros, felizmente, faziam o contrário. Foi formada imensa rede de solidariedade se formou durante o trágico domingo no Rio Grande do Sul. Uma página no Facebook foi criada para facilitar a ajuda (a Somos Santa Maria), e divulgou algumas informações úteis sobre como colaborar de forma a reduzir o sofrimento tanto em Santa Maria como na Vila Liberdade em Porto Alegre, onde um incêndio destruiu várias casas e desabrigou muitas famílias.

O pior de todos os domingos

Cartum de Carlos Latuff em homenagem às vítimas da tragédia em Santa Maria

O dia 27 de janeiro de 2013 não será esquecido tão cedo. E pena que não seja por coisas boas…

No momento em que escrevo, há 233 mortos confirmados no incêndio da boate Kiss, em Santa Maria. Uma tragédia que enluta e ao mesmo tempo revolta quando se percebe que poderia muito bem ter sido evitada, não fosse uma sucessão de erros dos quais pretendo falar de forma mais aprofundada, mas não agora (estou sendo vencido pelo cansaço de terminar um trabalho para a especialização, além do próprio clima pesado do domingo).

E como se não bastasse isso, no fim do dia temos um outro incêndio que deixa muitos desabrigados na Vila Liberdade, próxima à Arena do Grêmio. Até agora não há informações sobre vítimas.

É um domingo que, embora já tenha virado segunda-feira, jamais acabará para muitas pessoas.