Eu não acredito!

Lembram do meu amigo “realista”?

Pois é, insisti um monte, e ele fez o teste, me mandando o resultado pelo MSN. E eis o resultado que me deixou boquiaberto:

  • Economic Left/Right: -0.88
  • Social Libertarian/Authoritarian: -0.46

Certamente, o fato dele ser contra o Bush pesou um pouco. Mas não dá para esquecer que ele é pró-pena de morte e a favor de que “os vagabundos se ferrem”, conforme escrevi naquele post. Bandeiras da direita. Sem contar que votou no Fogaça nos dois turnos, por odiar o PT: como eu falei em outubro, se ele dizia não ser de direita podia votar na Vera Guasso ou na Luciana Genro (ou ainda anular o voto). Mas votou no Fogaça.

Considerando que eu insisti um monte que ele fizesse o teste, é capaz dele ter respondido de qualquer jeito só para eu parar de encher o saco, tendo como conseqüência este bizarro resultado de “centro” (“realista”?). Ou talvez ele tivesse opiniões libertárias e socialistas que eu não conhecesse (e que obviamente entram em contradição com a defesa da pena de morte e do individualismo). Ou procurou “equilibrar” as respostas para o resultado ser o “realismo”.

Ou, o que seria pior, que esse teste fosse uma fraude. Mas não é: cheguei a fazê-lo com respostas típicas da direita autoritária (para ver se realmente era confiável), e o resultado foi pró-direita e autoritarismo.

De qualquer forma, eu continuo a não acreditar no que meus olhos me mostraram…

Ainda acho que ele é um direitoso. Até porque o perfil do direitoso, foi baseado nele. E vão dizer que não está certo?

Anúncios

Mudança de voto

Eu ia votar na Vera Guasso, a única candidata à prefeitura de Porto Alegre que não tem o “rabo preso” nessa eleição.

Mas diante do perigo de termos um segundo turno entre Fogaça e Britto Manuela (que tem Berfran Rosado como vice), vou, mais uma vez, digitar “13” na urna eletrônica. Entre Fogaça, Manuela e Rosário, a última é a menos pior das alternativas.

É isso, ou anular o voto no segundo turno… Pois o problema não é a Manuela, e sim, as péssimas companhias que ela escolheu. Se por acaso ela deixa a prefeitura, quem assume é o Berfran.

Não dá para se iludir: votar na Manuela, infelizmente, é igual a votar no Britto. E no Fogaça também: agora no PMDB, ele foi eleito em 2004 e ficou até o ano passado no mesmo PPS de Berfran, que hipocritamente fala em “mudança”.