Living La Vida Loca

Está muito certo o Kayser. Para um (des)governo tão craque em proporcionar acontecimentos inusitados, uma charge é pouco para cada fato. Então, ele decidiu produzir uma série em quadrinhos sobre a nossa (des)governadora!

Abaixo, as duas primeiras historinhas:

yeda_tira01

yeda_tira02

Aliás, em conversa com o meu pai, ontem, comentávamos sobre o monte de escândalos e fatos envolvendo o (des)governo ocorridos desde 1º de janeiro de 2007. A Yeda começou muito bem: depois de sofrer uma derrota política antes mesmo de assumir (rejeição do “tarifaço” apoiado por ela, no apagar das luzes de 2006), após tomar posse foi à sacada do Palácio Piratini e pendurou a bandeira do Rio Grande do Sul… De cabeça para baixo.

rs-de-pernas-pro-ar

E também não é a toa que dizem que a Yeda é pé-frio. Quando ela foi ao Olímpico o Grêmio perdeu, e quando esteve na Paraíba, pouco depois o governador Cássio Cunha Lima (PSDB) foi cassado. E ela também briga com todo mundo em seu (des)governo.

Esses dias li em um comentário de um blog (não lembro se era o Diário Gauche ou o RS Urgente) que no Rio Grande do Sul, de tédio não se morre. Concordo.