Um campeão de empates? Por favor, não…

Considerando a campanha do Paraguai até agora nesta Copa América, não teria medo de apostar em mais um empate na tarde de hoje. E assim a Albirroja poderá, ironicamente, ser campeã invicta, mesmo sem ganhar nenhum jogo…

Não chega a ser algo inédito uma seleção ir longe num campeonato só empatando. Em 1990, a Irlanda chegou até as quartas-de-final da Copa do Mundo com quatro empates: três na primeira fase, e nas oitavas-de-final eliminando a Romênia nos pênaltis; nas quartas, os irlandeses não conseguiram empatar mais uma, e foram eliminados pela anfitriã Itália com uma derrota de 1 a 0 (curiosamente, na Copa seguinte as duas seleções se enfrentaram na estreia e a Irlanda devolveu o placar). No Mundial de 1998, Chile e Bélgica tiveram campanhas semelhantes, mas não a mesma sorte: ambas empataram os três jogos da primeira fase, mas os chilenos se classificaram, e os belgas voltaram para casa. Já ano passado, com três empates na primeira fase a Nova Zelândia fez história: apesar de não ir adiante na Copa, foi a única seleção invicta e certamente tirou pontos de todos os que participaram de bolões.

Mas campeão só empatando os seis jogos, que eu saiba, nunca se viu. E espero não ver hoje. Pelo bem do futebol e de minha querida Celeste Olímpica. VAI URUGUAI! (E não me importarei se for nos pênaltis, como naquele jogo com Gana. Tá na hora do Paraguai perder uma desse jeito…)

Anúncios

Vai, Uruguai!

Enquanto o rugby não é grande no Brasil, vamos torcer pelo Uruguai! Hoje, os Teros enfrentam a Romênia em Montevidéu, na primeira das duas partidas entre as duas seleções valendo uma vaga à Copa do Mundo de 2011, que se realizará na Nova Zelândia.

O adversário é um dos países que eu mais gosto na Europa. Mas não adianta: América do Sul é América do Sul. Vai, Uruguai!

————

Atualização (14/11/2010, 12:45). Deu empate, 21 a 21. A partida de volta será dia 27, em Bucareste. O favoritismo é da Romênia, mas não duvidemos do Uruguai.

Espírito de Natal

A esta hora, já é manhã de Natal em Christchurch, na Nova Zelândia. As crianças que não tiverem estado acordadas à meia-noite de lá daqui a pouco levantarão para abrirem os presentes deixados pelo Papai Noel.

Mas, certamente, o assunto do dia por lá são outros 50 Papais Noéis, que fizeram uma bagunça danada no cinema