Não é mentira!

Após o surgimento da polêmica sobre um mestrado (ou um doutorado?) da ministra Dilma Rousseff que jamais teria sido cursado, tem mais essa. Existia na plataforma Lattes do CNPq o currículo de… Galvão Bueno! O narrador da Globo, pelo documento, seria doutor em Física!

O currículo Lattes é um dos mais importantes documentos para um pesquisador acadêmico: quanto mais extenso – o que não quer necessariamente dizer “melhor” – maior é a chance de se conseguir financiamento para projetos de pesquisa. O exemplo de Galvão Bueno demonstraria o quanto é complicado usar o Lattes – no formato atual – como importante critério, visto que a plataforma seria vulnerável a fraudes.

Cito meu próprio exemplo: se quiser posso adicionar ao meu currículo participações em simpósios inexistentes e fluência em idiomas os mais diversos possíveis, mesmo que não saiba nem pedir água com o uso deles. Eu sou honesto, o problema são os desonestos… Pois em tese, adicionar dados falsos é, obviamente, falsidade ideológica. Mas, dependendo da universidade que o sujeito tentar um mestrado ou um doutorado, pode se traduzir em vantagem, caso as informações não sejam verificadas.

Porém, dizer que o currículo do Galvão Bueno é totalmente falso, também é uma desonestidade. Já toquei no assunto faz mais de dois anos, lembrando a final da Libertadores de 2005, quando o narradoutor demonstrou seu conhecimento de Física. Mas, numa transmissão que mais parecia uma banca de doutorado, foi contestado por seu par, o doutor Arnaldo…

Galvão Bueno

Todo mundo diz que Galvão Bueno é patriota ao extremo. Faltava uma prova de seu patriotismo, que o vídeo abaixo, da cerimônia de premiação do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula-1 em 1986, nos mostra. Mas alguém precisava ensinar ao Galvão a letra do Hino Nacional…

Durante a final da Libertadores de 2005, Galvão Einstein Bueno nos mostra outra especialidade sua: Física. Mas sua teoria é contestada por Arnaldo César Coelho…

A melhor de todas: no intervalo do jogo Grêmio x São Paulo, pela Libertadores de 2007, a torcida gremista faz uma homenagem a Galvão…