Quase o gol contra mais bizarro dos últimos tempos

Foi no jogo Uruguai x Chile, pela Copa América. O “lance de soccer” começa aos 25 segundos do vídeo abaixo: o jogador uruguaio vai dar um chutão na bola, e… Olha o que (quase) acontece.

Anúncios

“Lance de soccer” no Marrocos

Esse nem é tanto por tosquice, e sim, pelo inusitado. Maghreb, de Fès, e FAR, de Rabat, disputavam as oitavas-de-final da Copa do Rei do Marrocos, e a decisão foi aos pênaltis. O goleiro Khalid Askri, do FAR, defendeu uma das cobranças e saiu batendo no peito, feliz da vida… Só esqueceu de “aquietar” a bola.

Antes que alguém pergunte pelo “golaço” de Tévez no amistoso Argentina x Espanha, terça: esse todo mundo já viu…

Golaço! Pena que foi contra…

Este “lance de soccer” poderia ir para o sensacional Bola Romena, se o primeiro Siteul Brazilian de Fotbal al Romaniei estivesse em atividade.

Pela Supercopa da Romênia, entre Cluj e Unirea Urziceni, o angolano Dominique Kivuvu – que havia abrido o placar em favor de seu time, o Cluj – acabou empatando o jogo…

Menos mal para Kivuvu que a partida acabou empatada em 2 a 2, e nos pênaltis, o Cluj sagrou-se bicampeão da Supercopa – o clube é também o atual campeão romeno e tri da Copa da Romênia.

Futebol-arte… ARTE???

Diversas vezes, falei aqui em “lances de soccer” de jogadores profissionais, com direito a vídeos. São gols inacreditavelmente perdidos (como os dois do Jonas contra o Boyacá Chicó), assim como frangaços como os do Clemer ou o do goleiro do Aurora. Porém, eu nunca tinha mostrado aqui os legítimos “lances de soccer”: os protagonizados pela minha turma de amigos em seus “jogaços” na Soccer & Cia., na Avenida Farrapos.

Faz muito tempo que não jogo, e no último domingo, 22 de março, não encerrei minha “parada”: me recusei a correr naquele calorão (se parado eu já suava horrores, imaginem correndo!). Assim, assumi o papel de “TV”, gravando com a câmera digital alguns lances do jogo. Com direito, no primeiro vídeo, à narração de “Paulo Brito”…

Impossível deixar de falar

Ontem o Grêmio fez as pazes com a vitória: ganhou do fraco Boyacá Chicó por 1 a 0, golaço de falta do Souza. Mas podia ter sido uma vitória de goleada, considerada a grande quantidade de chances perdidas pelo Tricolor.

Foi tanta incompetência, que o Grêmio acabou proporcionando três “lances de soccer”. Os dois primeiros foram em seqüência: após chutar em cima do goleiro, Jonas fez o incrível, que foi botar a bola na trave (sem goleiro!) e depois perdeu debaixo da trave.

Depois, foi a vez de Herrera: podia ter posto a bola pelo lado do goleiro e feito o gol, mas saiu junto com ela…

“Lance de soccer” no Couto Pereira

Clemer, pra variar… No jogo Coritiba 4 x 2 Inter, por pouco o Coxa não nos vingou.

Mas, convenhamos, o Victor falhou feio no gol do Botafogo. Menos mal que viramos para 2 a 1 e assim seguimos na briga pelo título.

Que tarde!

Tarde chuvosa e ventosa, mas nada disso pára o Tricolor. 1 a 0 contra o São Paulo, um dos times mais fortes do país.

Já no Rio de Janeiro… O time do marketing, da balaca, levou 4 a 0 do Vasco, candidato ao rebaixamento. Com direito a um “lance de soccer”, protagonizado por Clemer, é lógico.

Começo agora uma campanha, espero que haja grande adesão:

FICA PÍFFERO!