Um pedido especial

Já cansei de dizer que não gosto de Natal. Portanto, me poupem de mensagens natalinas, de desejos de “muita saúde, paz e felicidade” (não estou de aniversário) etc. Além de ser ateu, não sou dono de nenhuma loja, ou seja, não vejo sentido algum em tanta comemoração.

Sou, sim, “rabugento”. Muito melhor do que fingir ser o que não sou.

Anúncios

Oi! Tudo bem?

Esta música, dos Garotos Podres, é uma das minhas preferidas. Juro que toda vez que alguém chega em mim com essa pergunta, sinto a maior vontade de cantar. Porra, por que sempre tem que estar “tudo bem”?

Sinto ainda mais vontade de cantar quando alguém solta essa pergunta num dia de calor infernal, ou quando está acontecendo alguma encheção de saco de direitosos do tipo “pena de morte já” ou “pau no MST”.