Fora Silas e Meira, JÁ!

Nem amanhã, nem terça, nem depois. É para saírem AGORA!

Basta, acabou! Não entenderam o motivo do Olímpico ter baixíssimo público na última quarta, contra o Vitória? Ora, já fui a jogos com muito mais frio, e que tinha mais gente no estádio: a diferença era que o Grêmio não estava essa caricatura de time, que não consegue acertar uma sequência de passes (aliás, isso explica os próprios gols sofridos contra o Santos na Copa do Brasil: eles erravam muito pouco!), que joga sem a mínima vontade, sem garra, sem marcar direito, sem porra nenhuma. Um time caro, e na zona de rebaixamento. Pode???

Se a direção não quer ainda menos gente no Olímpico na próxima quarta às 21h50min, contra o Vasco, tem duas opções. A primeira, e mais difícil, é espernear e conseguir a antecipação do jogo para as 20h, horário mais “civilizado” para o torcedor. (Mas sei que isso é uma utopia, pois a dona do campeonato não aceitaria. E mesmo que aceitasse, é possível acreditar que nossos dirigentes fariam alguma coisa? Se nada fizeram para defender o maior patrimônio do Grêmio – ou seja, a torcida – ano passado…)

A opção mais simples é: FORA SILAS E MEIRA! E Adílson Batista de treinador, para motivar a torcida: o cara tá dando sopa há DOIS MESES!