Encerrando uma longa ausência

Desde o começo da pandemia eu não passava tanto tempo sem aparecer por aqui. Mais de dois meses.

Nesse meio tempo a guerra da qual falei no último texto não apenas não teve um fim, como se intensificou. Quase 60 anos após a crise causada pelos mísseis soviéticos em Cuba (outubro de 1962), se volta a falar em Terceira Guerra Mundial.

Mas nesse meio tempo também tirei férias de verdade pela primeira vez desde 2019. Fui conhecer Curitiba, e voltei a visitar Florianópolis. Era uma arejada na cabeça da qual estava precisando muito, mesmo tendo viajado a Rio Grande no começo do ano (foram poucos dias e sem poder aproveitar mais pois era o começo da onda da variante ômicron).

Voltei lamentando não só pelo fim das férias, como também por Porto Alegre não ser um pouco como as duas cidades. É bem verdade que não temos a mesma paisagem que Florianópolis, mas acho que a cidade onde nasci e vivo desde então (excetuando o ano e meio que morei em Ijuí) tem suas belezas que fazem ela valer a pena, e deveriam mesmo ser mais valorizadas. O pior é não termos a organização de Curitiba: isso daria para mudar se votássemos melhor. (Votar em qualquer porcaria por medinho da esquerda, como fizemos em 2020, dá nisso.)

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s