Datas redondas

Ando tão relapso com a escrita que duas efemérides passaram sem nenhuma menção aqui nos dias certos.

A primeira foi o meu próprio aniversário, que no caso foi simplesmente o de número quarenta. Entrei nos “enta”, aquela fase da vida que só tem duas saídas: no caixão ou assoprando cem velinhas num bolo… Foi na sexta-feira e infelizmente não pude celebrar a data da forma que gostaria, ou seja, SEXTANDO: mesmo que a situação pandêmica esteja bem menos pior que no começo do ano, ainda não é seguro reunir muitas pessoas em lugar fechado e ao ar livre o clima não estava muito favorável com chuva e muito vento. Fica para 2022, quando o 15 de outubro cairá num sábado.

Outra efeméride foi a de ontem, muito embora parte da culpa pelo atraso tenha sido pela merda da atualização do Windows que não apenas demorava como também exigia reinicialização. Foi o décimo aniversário da minha “fake news” preferida: em 17 de outubro de 2011 recebi por e-mail um arquivo de power point que acusava o MST de roubar ovos de tartarugas às margens do Rio Solimões ao invés de produzir em um assentamento. A foto diz tudo sobre o que se chama “viés de confirmação”: algum canalha criou aquilo para difamar o MST, sabendo que não faltaria gente burra para passar a mentira adiante mesmo vendo que se trata de MAR e não de um rio.

Como diz o meu podcast favorito, CHEGA DE BURRICE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s