O último mês do pior ano

Minha vida parou na metade de março, quando entrei em quarentena por conta da pandemia. Mesmo que já não possa dizer que a cumpro (afinal, voltei ao trabalho presencial no início de setembro, ainda que em regime de revezamento), continuo tendo a mesma sensação. O que se passou desde então para mim não é vida, é existência.

Viver para mim é poder abraçar as pessoas sem medo de contaminar ou ser contaminado. É ir pro bar tomar uma cerveja gelada num dia de calor, ou beber um vinho tinto em boa companhia no frio. É poder ir ao jogo do Grêmio, viajar, ou simplesmente dar uma volta pelo bairro sem medo e sem máscara.

Neste 2020 que já apresenta suas árvores de Natal, não tive Páscoa nem pude abraçar minha mãe, meu pai e meu irmão nas datas comemorativas (Dia das Mães, Dia dos Pais e aniversários). Não pude me despedir como gostaria de minha avó – cujo falecimento completa seis meses no próximo sábado – e também não pude ser abraçado nem dar um longo abraço no meu irmão que, assim como eu, sentiu muito a perda dela. Aliás, nem pude ter um luto normal: antes dessa merda de pandemia eu costumava fazer visitas semanais à vó, e depois do dia 14 de março só pude vê-la novamente quase três meses depois, no velório.

Falta pouco para o fim de 2020. Um ano que parece interminável. Ou um março que não tem fim.

Espero chegar bem ao 31 de dezembro, para poder escrever meu tradicional texto de final de ano que provavelmente será bem mais curto que todos os anteriores do mesmo tipo. Afinal, 2020 não merece lá tanta deferência.

E por fim, gostaria de lembrar que embora este texto saia com a data “2 de dezembro de 2020” pelo WordPress, na verdade o dia é 277 de março.

Um comentário sobre “O último mês do pior ano

  1. Pingback: Abril de 2021, 2020 ou 1964? | Cão Uivador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s