O pior de todos os verões

Dizer que o verão de Porto Alegre é “infernal” configura redundância. Não é de hoje que faz “calor de desmaiar Batista” (a própria expressão surgiu em 2010 após o referido comentarista passar mal ao vivo na televisão).

Mas o próximo verão, que se aproxima e já faz seus primeiros “ataques”, tem tudo para ser o pior de todos os tempos. Pois se em tempos normais já se passa muito calor por aqui, em 2020/2021 teremos o agravante do uso da máscara por conta da covid-19.

Sexta-feira tive uma “amostra grátis” do que nos aguarda. Fui ao supermercado e cheguei em casa vertendo suor. E isso que nem estava tão quente… Imagina em janeiro.

Pior é pensar que poderia ser menos arriscado sair sem máscara agora que o tempo começa a esquentar. Pois ainda antes do inverno um bando de idiotas vinha com o papo furado de “direitos individuais” para justificar o não uso da proteção. Por conta disso, a pandemia até “arrefece” mas segue muito longe de estar controlada. E provavelmente não será recomendado o uso de ar condicionado no serviço durante o verão.

Os tais “direitos individuais” dessa corja atentam contra o direito coletivo de preservarmos nossa saúde e de sofrermos menos com o calor. Culpa principalmente do ser repulsivo que foi eleito presidente em 2018, apesar de tanto avisarmos que era roubada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s