Curiosidades e uma temerária coincidência

A partida do Grêmio contra o Juventude, válida pelo Campeonato Gaúcho, foi para mim uma experiência inédita: primeira vez que fui ao estádio em um 29 de fevereiro. Não é comum se jogar nessa data pois só ocorre a cada quatro anos: é o “dia extra” que tem os anos bissextos para equilibrar o calendário com o Sol.

Por mais que eu ache que campeonatos estaduais precisem pelo menos sofrer uma total reformulação, não posso me furtar a uma curiosa escrita acerca do certame do Rio Grande do Sul. Com a derrota do Grêmio na final do primeiro turno diante do Caxias, foi mantida uma escrita que completará, no mínimo, 32 anos: a última vez que tivemos Gre-Nal na decisão do Gauchão em anos bissextos foi em 1992. Dali em diante, o interior sempre se fez presente pelo menos a cada quatro anos, inclusive com direito a título. Só relembrar as decisões seguintes (o campeão é o time da esquerda):

  • 1996: Grêmio x Juventude
  • 2000: Caxias x Grêmio
  • 2004: Inter x Ulbra
  • 2008: Inter x Juventude
  • 2012: Inter x Caxias
  • 2016: Inter x Juventude

Outra curiosidade: o 29 de fevereiro de 1992 também caiu num sábado – o que não foi suficiente para impedir o triunfo do Caxias sobre o Grêmio semana passada.


Já uma coincidência, bem menos feliz, diz respeito a outro ano bissexto em que o 29 de fevereiro foi um sábado. Foi em 1964. Ano do golpe civil-militar que mergulhou o Brasil em uma ditadura de 21 anos.

1964-2020

Tudo bem: não se pode dizer que é exatamente igual pois as festas móveis (Carnaval, Páscoa etc.) em 1964 aconteceram em dias diferentes. Mesmo o quadro político é diferente: 56 anos atrás tínhamos um presidente de centro-esquerda sendo derrubado militarmente, enquanto agora temos um extremista de direita no cargo.

Mas há quem diga que Bolsonaro pode fazer algo como Alberto Fujimori, o presidente do Peru que, enfrentando dificuldades por não ter maioria parlamentar, dissolveu o Congresso com apoio das Forças Armadas em abril de 1992. Ano bissexto em que o dia 29 de fevereiro caiu num… Sábado. Que na ocasião era o de Carnaval, mas isso não me deixa mais tranquilo.

2 respostas em “Curiosidades e uma temerária coincidência

  1. Pingback: 13 anos de Cão Uivador | Cão Uivador

  2. Reparei agora na escrita dos Gauchões de anos bissextos não terminarem em Gre-Nal: em 2020 é capaz de nem rolar final…

    Outra curiosidade: o Campeonato Gaúcho de 2020 é a 100ª edição do torneio. Disputado pela primeira vez em 1919, teve sua realização impedida pela Revolução de 1923 – e os dirigentes, temerosos de que a violência ainda não tivesse cessado totalmente, decidiram também cancelar o certame de 1924.

    Mais uma: o primeiro Gauchão seria disputado em 1918, ano em que foi fundada a FGF. Mas acabou não acontecendo por conta de uma pandemia: no caso, a da gripe espanhola, que atingiu com força o Brasil na primavera daquele ano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s