Temerário verão

Porto Alegre, fevereiro de 2014 (mas poderia ser dezembro de 2016 se esses relógios de rua ainda funcionassem)

Para mim é mais do que óbvio: todo esse calor infernal é uma jogada do (des)governo Temer para nos convencer que é bom trabalhar até os 80 anos de idade por 12 horas (ou mais) diárias, até mesmo no fim de semana.

Pois estou de folga hoje e lamentando por isso, já se trabalhasse estaria no ar condicionado do serviço (que está ligado para permitir a sobrevivência de quem bateu ponto hoje) e o meu aparelho estaria desligado, me fazendo economizar. O tempo que fico em casa nesse suplício que é o verão de Porto Alegre (que não ao acaso recebe o apelido de “Forno Alegre” nessa época) é diretamente proporcional ao tempo que o ar condicionado fica ligado aqui em casa. E consequentemente, a conta da luz vai às alturas. (Mas ainda assim sai mais barato do que ir para a praia, e clube com piscina além de caro não resolve o problema da temperatura elevada.)

Por isso, chega de baderna e “mimimi”: FICA Temer! Reforma trabalhista e da previdência JÁ!


E, por favor, que esfrie logo para passar de uma vez por todas essa alucinação… Até porque para quem trabalha na rua não tem economia: é mais sofrimento ainda com esse calor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s