Um país de secadores

Acabou agora há pouco a partida entre Brasil e Chile, empate em 2 a 2. Não vi todo o jogo, mas me chamou a atenção a quantidade de manifestações contra a Seleção no Twitter e no Facebook. (E não me refiro a quem foi ao Mineirão, pois as vaias foram um claro sinal de descontentamento com o fraco desempenho nos últimos três anos.)

Antes de qualquer coisa, não quero criticar ninguém por isso (até porque eu também não consigo torcer faz muito tempo). Mas ultimamente eu venho me questionando: por que tantos não apoiam a Seleção, e chegam a torcer contra?

“Há corrupção na CBF”, poderá me dizer alguém. E é um bom motivo, afinal, ela é responsável pela Seleção. Porém, há corrupção em nosso clubes, e isso faz com que torçamos contra eles?

“O futebol é o ópio do povo”, poderá me dizer outra pessoa. Espero que seja coerente e não fume, não beba…

“A Seleção não me representa”, também pode ser um argumento. Mas, por esse critério, posso até dizer que o Grêmio não me representa – e não é por estar jogando mal, já que por pior que esteja, jamais chegará perto de minha “categoria” com uma bola de futebol.

Vários questionamentos poderiam ser feitos para tentar entender o motivo pelo qual tanta gente seca a Seleção (já eu sou indiferente). Talvez seja porque há corrupção na CBF, por não gostarem de futebol, não se sentirem representados por aqueles jogadores etc. Ou, quem sabe, sou eu que tenho muitos amigos “secadores”…

Anúncios

Um comentário sobre “Um país de secadores

  1. Realmente não torço para a seleção brasileira de futebol masculino porque ela representa o que temos de pior: corrupção escancarada; individualismo ao extremo; valorização de jogadores que não tem relação com o país (só “estrangeiros”); e monopólio midiático.
    Os clubes que tem o maior número de secadores (Corintians e Flamengo) representam a mesma coisa que a seleção masculina de futebol.
    É por isso tudo junto que não gosto da seleção e torço contra ela. Ela afundando, afunda vários podres que a orbitam.
    Inversamente, sou entusiasta das Seleções Masculina e Feminina de vôlei. Representam o coletivo, a seriedade, a garra e a humildade.

Os comentários estão desativados.