O Bar do Arante

Bar do Arante, na praia de Pântano do Sul, Florianópolis

Faleceu na quarta-feira Arante José Monteiro, mais conhecido como “Seu Arante”. Para quem não conhece, é o fundador do Bar do Arante, na praia de Pântano do Sul, em Florianópolis.

Conheci o Arante em março, durante minhas férias. E as paredes explicam porque o lugar se tornou famoso na Ilha de Santa Catarina: são literalmente forradas por bilhetinhos, deixados pelas pessoas que visitam o bar como recordação. Quando voltam (duvido que alguém não queira voltar), certamente fazem questão de procurar seu bilhete anterior, antes de deixar um novo.

Porém, não foi só o interior do bar que me agradou. Como ele fica junto à praia, almocei com vista para o mar. Lembrei de amigos que na mesma hora deviam estar enfrentando filas em algum restaurante no meio dos prédios em Porto Alegre, pensei em tirar uma foto e imediatamente postar no Facebook pelo celular, mas achei melhor deixar para quando estivesse novamente em casa: como era segunda-feira, seria muita crueldade.

26 de março de 2012, uma bela segunda-feira

Pântano do Sul é um dos belos recantos do Sul da Ilha, onde o “progresso” (aquele que poluiu e nos tirou o Guaíba) ainda não chegou com tudo, como se vê mais no Norte. Um lugar tranquilo, com mar calmo e azul: morar lá seria, sem dúvida alguma, o fim do meu problema com o calor. Quem sabe um dia eu possa fazer isso…

Anúncios

3 comentários sobre “O Bar do Arante

  1. Nunca fui nesse, mas tem o Amarante, do filho dele se não me engano que já fui e é ótimo. Tomara que o bar não feche, e meus pêsames para a família.

  2. Melhor bar do mundo. Se tem uma coisa em Florianópolis que faz valer a pena o perigo e os engarrafamentos da 101 é o Pântano do Sul. Experimenta jantar ali na próxima vez.

    O Arante era um dos moradores que sempre resistiram aos resorts, condomínios, e todo tipo de projeto megalomaníaco que se tentou fazer ali nos arredores do Pântano. Por isto que o local ainda mantém um pouco da sua originalidade.

    A tradição dos recadinhos remonta aos anos 60, quando as pessoas iam acampar ali na região. O bar do Arante era o ponto de encontro e a parede do bar funcionava como um mural de recados.

  3. Que dádiva poder rever esta praia pelo menos em foto pois lá estive nos anos sessenta qdo nem o bar existia! Obrigado, Rodrigo!

Os comentários estão desativados.