Balotelli 2 x 0 racismo

Não, caro leitor, não é nada do que deves estar pensando. Sei que a vitória italiana foi por 2 a 1, assim como não seria estúpido de dizer que ser alemão é sinônimo de ser racista (afinal, isso também é preconceito). Os 2 a 0 de Mario Balotelli não foram contra o racismo na Alemanha (que obviamente existe, como sentem bem os turcos que vivem lá), mas sim, contra o que ele sofre na própria Itália.

Prova disso é uma charge publicada no Gazzetta dello Sport, principal jornal esportivo italiano, caracterizando Balotelli como “King Kong”. Sem comentários…

Na Itália existe racismo até mesmo entre italianos. Como prova a rixa entre nortistas e sulistas, com os primeiros tratando os segundos como “inferiores” e mesmo “não-italianos”. Não por acaso, quando Maradona foi jogar no Napoli e foi decisivo para o clube do sul conquistar o título italiano em 1987 e 1990 (derrotando os clubes do norte cujas torcidas reagiram com cânticos e cartazes abertamente racistas), tornou-se um ídolo tão amado que, na semifinal da Copa do Mundo de 1990 entre Itália e Argentina, disputada em Nápoles, os napolitanos ficaram divididos entre torcer para seu país ou para o jogador que representava o anseio dos sulistas em serem melhor tratados pelos nortistas. Com um estádio não tão favorável à Itália, a vitória acabou sendo argentina, nos pênaltis. (Na final entre Argentina e Alemanha, disputada no Estádio Olímpico de Roma poucos dias depois, o norte “se vingou” vaiando intensamente o hino nacional argentino, e Maradona não deixou barato: quando percebeu que aparecia na tela, soltou um perceptível “hijos de puta”.)

Mario Balotelli, então, combina dois fatores que causam ódio nos nortistas: além de ser filho de ganeses, ainda nasceu no sul da Itália (em Palermo, Sicília).

Mas, para o desespero dos racistas, foi Balotelli o jogador que manteve a escrita da Itália jamais perder para a Alemanha em jogos oficiais. Tomara que seja também ele o autor do gol do título italiano na Eurocopa. Será bom demais ver o racismo derrotado duas vezes.

Anúncios

2 comentários sobre “Balotelli 2 x 0 racismo

  1. Pingback: Sul 21 » Balotelli 2 x 0 racismo

Os comentários estão desativados.