Um Grêmio mais caro

O Grêmio tem contratado bastante recentemente. Se será vencedor neste ano que começa, ainda acho cedo para prever: em janeiro de 2000, a torcida estava empolgada com os nomes que chegavam ao Olímpico (Paulo Nunes, Zinho, Astrada etc.), mas ao final daquele ano nenhuma taça entrou na sala de troféus do estádio. Obviamente minha torcida é para que em 2012 não se repita nem 2000, nem os últimos 10 anos.

De qualquer jeito, já senti diretamente no meu bolso um impacto das contratações: o aumento da mensalidade. Como pago tanto a minha como a da minha mãe (nada mais justo, já que comecei a ser sócio há mais de 10 anos porque ela pagava), hoje se foram 172 reais de minha conta bancária: 86 para cada boleto. Em 2011, a mensalidade era de 69 reais.

Não estranho: o dinheiro para pagar os salários do clube sai de algum lugar. De investidores, patrocinadores e… Dos sócios. Normal.

Mas, depois de um aumento de quase 25% na mensalidade, não peço mais ao Grêmio que ganhe títulos de verdade: passo a exigir. Quero, no mínimo, a Copa do Brasil.

Até porque será preciso taças para que esse time se pague…

Anúncios

3 comentários sobre “Um Grêmio mais caro

  1. Isso vai ocorrer até que a Arena esteja pronta.
    Se o clube aumenta o valor quando a Arena ficar pronta vai ter muita chiadeira então vai aumentando agora para depois inaugurar sem aumento algum. Eu exigiria mais que a Copa do Brasil por este valor.
    Engraçado! Já vi este filme na politica brasileira.
    Quando FH privatizou as empresas públicas, antos antes promoveu aumentos absurdos para manter as tarifas em dia e sanear, depois vendeu tudo e os compradores não aumentaram um centavo os preços dos serviços.
    Afinal… futebol e politica andam juntos, ou não!!!!
    Parabéns pelo blog excelente.

  2. Esse ano a Lusa subiu. Automaticamente a camiseta que custava 90 reais passou a custar 170 reais.

    Quero ver como os preços dos ingressos ficarão.

    No entanto, creio que nada disso se deve aos gastos do clube com a primeira divisão, mas só ao glamour do acesso ao top-top do futebol.

    • Algo que notei em vários clubes que subiram é que em geral não investiram muito e logo depois acabaram caindo de novo… Foi assim com a Lusa em 2008, e espero que não aconteça de novo em 2012, já que é um dos clubes de SP pelo qual mais nutro simpatia – o outro é o Guarani, que também foi “elevador”, subiu em 2009 e em 2010 já caiu de novo.

Os comentários estão desativados.