2011, um desastre

Ainda estou tentando entender o que aconteceu para que o Cão Uivador venha tendo tão poucos acessos em 2011. Uma comparação com 2010 é o suficiente para deixar bem claro o verdadeiro desastre que está sendo este ano, em matéria de visitas.

No ano inteiro de 2010, o Cão teve 83.492 visitas, média de aproximadamente 229 por dia. Só em junho foram 10.842 (média diária de aproximadamente 361), graças à Copa do Mundo: às vésperas da abertura, o texto escrito em dezembro de 2009 no qual eu dava meus primeiros palpites sobre o Mundial atraiu muita gente apaixonada por futebol, que preparava suas apostas nos diversos bolões promovidos na época (se ferraram bonito, né?). Tanto que ele continua a ser o que teve mais visualizações na história do blog, mesmo que depois da Copa tenha sido praticamente esquecido.

Já em 2011, até hoje (23 de julho), o número de visitas ainda nem se aproximou da metade do verificado ano passado, mesmo que mais de meio ano já tenha passado. A média diária de 170 acessos é a pior desde 2007, quando o Cão ainda era um “filhote”.

Afinal, por que será que caiu tanto o número de acessos? Foram os textos que pioraram? As pessoas estão com menos tempo para ler? Ou, pior ainda, com menos vontade de ler qualquer coisa que tenha mais de 140 caracteres?

————

E isso que nem falei do que está sendo este mês. Mas, deixemos julho acabar…

Anúncios

12 comentários sobre “2011, um desastre

  1. Rodrigo,

    O crescimento do Twitter e do Facebook aliados a menor quantidade de posts sobre futebol e/ou à certeza de que tu és menos relacionado com a proposta do #blogprog são fatores significativos para a perda de audiência de blogs nanicos.

    Não te preocupes: acontece comigo, acontece com os outros.

    []’s,
    Hélio

    • Pois é Hélio… Inclusive, conforme lembrei no post, o que mais atrai gente realmente é futebol. Saudade da Copa do Mundo! :P (E o pior é que não consigo torcer para que 2014 chegue logo, com tanta falcatrua que se verá.)

  2. Eu também não contribuo para a redução de acessos a seu blog, mas concondo com o que o Hélio disse. Twitter, Facebook e outras inutilidades, concorrem significativamente para a imbecilização da Internet.

    • Não acho que contribuam para a imbecilização, isso depende mais da maneira com que se usa tais ferramentas (eu uso ambas, e acho ótimo até para divulgar mais o blog). Mas me parece que, no caso do Twitter, muita gente tá se acostumando a querer que se escreva textos o mais curtos possíveis, e assim fica sem paciência para ler algo mais longo. Só que eu não consigo transmitir uma ideia em 140 caracteres…

  3. A imbecilização avança, em tudo, inclusive nas opções. Há de chegar o dia em que viveremos sem a palavra escrita, reduzidos, na internet, ao visual, ao oral e a alguns hieroglifos. Voltaremos à Idade da Pedra, só que agora Idade da Pedra Midiática. E para piorar as coisas, o excesso de alternativas. Quem tem um razoável conhecimento, escolhe melhor, e quem não tem…

    Creio que os acessos são, obviamente e na quase totalidade, de gaúchos, mas de azul e preto. E aí entra a paixão futebolística. Os colorados rivais, por birra, não acessam. Ou estou enganado?

    Não sei o custo. Se der para manter o troço, mantenha. Não esqueça, se vale a lembrança, de que a qualidade é inimiga da quantidade. E eu, dos confins calorentos do Brasil, vou continuar acessando. Um abraço.

    • Nem penso em largar o blog por falta de acessos, fica tranquilo aí, Carlos… Se um dia eu encerrar, será por qualquer outro motivo, menos esse (até porque sei que sempre terá alguém para acessar). :D

      E de fato, qualidade é melhor que quantidade. Comentei sobre a diminuição dos acessos justamente por não entender exatamente o motivo pelo qual ela aconteceu, até porque sei que tudo o que o Cão teve de visitas em quatro anos é o que os grandes portais têm em poucos dias (talvez em até mesmo um só). Se meu objetivo fosse só audiência, enchia o blog de foto de mulher pelada… :P

  4. Quase diariamente, costumo conferir os assuntos dos blogs que considero mais intressantes na mídia alternativa (Nassif, Azenha, RS urgente, R. Vianna, D. Gauche, etc…), incluindo uma passadinha por aqui. Mas fujo dos comentários em posts sobre futebol, pra não cair em bate-boca interminável entre gremistas e colorados. Talvez isso também iniba outros visitantes, já que o futebol tem sido tema predominante aqui. Nada contra, também gosto, mas raramente gera discussão boa.

    • Realmente o futebol muitas vezes gera uma discussão nada interessante, só flautas de ambos os lados. Tanto que tenho utilizado meu poder de moderador para freá-las. Felizmente, faz tempo que não preciso fazer isso. :D

  5. Acho que deveria parar de falar coisas que só chamem atenção de velhos.

    Cara olhe as fotos das pessoas que escrevem aqui em comentários.
    Só velhos.

    Att.

    Alguém jovem que veio parar nesse site sem querer, e que nunca mais voltará.

    Muito fracos de assuntos.

Os comentários estão desativados.