Diego Clementino facts

  • Clementino marcou 58 gols em sua carreira, 51 foram nos acréscimos do segundo tempo;
  • Clementino nunca jogou um primeiro tempo;
  • Normalmente o juiz dá três minutos de Clementino, no 2º tempo;
  • A Fifa excluiu o gol de ouro do futebol por culpa de Clementino, pois o gol de ouro é sempre dele;
  • Diego Clementino já marcou gol enquanto dava entrevista de fim de jogo;
  • Clementino tem média de gols/minuto maior que Pelé e Maradona juntos;
  • Clementino fará um gol depois do fim do jogo;
  • Clementino torceu pro Grêmio dia 26/11/2005, e o Grêmio fez o gol aos 60 minutos;
  • Antes do jogo, Clementino não sabe se vai jogar, mas sabe que fará um gol;
  • Quando Clementino chega na beira do campo para entrar, o marcador altera para um gol a mais para o Grêmio;
  • Enquanto os jogadores estão dando entrevista coletiva, Clementino faz um gol;
  • Clementino sabe que futebol só dura 9 minutos;
  • Existe o início, meio, fim… E o Clementino;
  • A regra diz que o jogo será acabado logo depois quando Clementino marcar o gol;
  • Mesmo que o jogo termine 0 a 0, Clementino sempre faz gol;
  • Alguns jogadores precisam 38 rodadas para virarem artilheiros, Clementino precisaria de apenas 38 minutos;
  • Quando Clementino entra para jogar uma prorrogação de um campeonato com gol de ouro, o time adversário imediatamente sai de campo com a cabeça baixa;
  • O mundo acaba em 2012. Não para Clementino, que ficará para os acréscimos;
  • Tem árbitros, que para evitar Clementino, não dão acréscimo;
  • Clementino nasceu dia 29 de fevereiro, ou seja, nos acréscimos;
  • Clementino não joga futsal, pois não tem acréscimos;
  • Certa vez, com uma imensa tempestade, um juiz resolveu interromper uma partida aos 40 do segundo tempo e reinicia-la dias depois… Foi a primeira vez que Clementino fez um gol no primeiro minuto de uma partida;
  • Clementino só fica bêbado depois da saideira;
  • Certa vez Clementino fez gol no fim do primeiro tempo, o juiz imediatamente sinalizou fim de jogo;
  • Clementino vota depois que a seção fecha;
  • O regulamento no site da CBF diz: “Na ausência de um relógio, o fim da partida será decretado por um gol de Diego José Clementino”;
  • Ainda nas categorias de base, um juiz viu que Clementino ia entrar e decidiu terminar o jogo, ele só teve tempo de marcar 2 gols naquela partida;
  • O relógio da casa de Clementino tem 24 horas e três minutos.

O vídeo é do Hélio Paz – gravado logo após Grêmio x Atlético-PR – e os “facts”, recebi alguns por e-mail e “roubei” outros do Alma da Geral.

  • Clementino fez mais um gol.
Anúncios

20 comentários sobre “Diego Clementino facts

  1. Pingback: Tweets that mention Diego Clementino facts « Cão Uivador -- Topsy.com

  2. Depois do Rafa Benítez foi a vez do Luis Figo. Será que são colorados? KKKK

    “Você mencionou a Copa do Mundo de Clubes da FIFA, um torneio que a Internazionale disputará pela primeira vez. Qual é o objetivo da equipe nesta estreia?

    A Inter tem a possibilidade de jogar esta competição de prestígio pela primeira vez na história, e por isso ganhá-la passou a ser um importante objetivo para o clube. Depois do título da Liga dos Campeões, a Copa do Mundo de Clubes é a prioridade para encerrar um ano fantástico. Vamos tentar conquistar uma taça que poderá dar um enorme prestígio à nossa sala de troféus. O desafio é muito importante para nós.”
    http://pt.fifa.com/worldfootball/news/newsid=1343936.html

    • Com esse nome (assim como o Brasileirão se chamava “Copa Brasil” até 1986, e “Copa União” em 1987), é a primeira vez.

      Engraçado que vocês dão uma importância pra isso… Por que será???

      • O camarada sabe que não é uma simples nomenclatura. Duvido que o camarada daria a mesma resposta que o Figo. Além do mais também duvido que você aceitaria que os paulistas e os cariocas fizessem um torneio e chamassem de Brasileirão. O mesmo não deveria valer para o “mundial”?

        • Se o camarada Jorge não considera a diferença uma simples nomenclatura, por que fica o tempo todo falando disso, como que querendo dizer “não esqueçam da diferença!”?

          • Eu nunca reduzi a questão a nomenclatura, sempre mencionei a representatividade. Da mesma maneira que seria inconcebível um “Rio-SP” ganhar status de nacional, da mesma forma é inconcebível que um “Europa-América do Sul” se pretenda mundial. Essa é a diferença que tem sido lembrada pela FIFA, pelo Boca, pelo Rafa Benítez, pelo Figo,… KKKK

            • Traduzindo: desespero por diminuir a conquista do Grêmio, porque ele ganhou antes… Pois se o Inter tivesse ganho a Libertadores e o Mundial em 1980, vocês não viriam com esse MiMiMi pifado.

              • Quem diminui a sua conquista são os gremistas e não os colorados. Porque quando se assinala as diferenças entre Mundial e Intercontinental não se está a desvalorizar o Intercontinental. Ele foi muito importante no período em que existiu. Era o máximo possível. Só não é nem racional e nem respeitoso para com os outros continentes querer dar status de Mundial a um torneio que só abrigava dois continentes. A própria taça do torneio não fazia NENHUMA alusão ao mundo, destacava apenas a Europa e a América do Sul (como atesta os mapas desses dois continentes em sua base, a inscrição “European/South American” ao redor da BOLA – e não GLOBO terrestre – na parte superior).
                O argumento do tempo foi o único que restou aos gremistas já que agora o mais INTERNACIONAL do Sul é o Colorado! KKKK

                • Então, quer dizer que em 1930 não houve Copa do Mundo, pois nesta só seleções da Europa e da América participaram. Aliás, o mesmo vale para 1934, 1950…

                  E agora chega!

                  • Na Copa de 30 não participaram apenas Europa e América do Sul como acontecia no Intercontinental de clubes. México e EUA participaram.
                    Já na de 34, além dos EUA, participou ainda o Egito (país africano).
                    Não dá pra comparar! KKKK

                    • Eu falei em AMÉRICA, na totalidade. E ainda assim, não tinha representantes de todos os continentes. Logo, pelo teu critério, não é Copa do Mundo.

                      Agora sim, chega!

  3. Vermelhinho em 1983 so existia a copa intercontinental para disputar. Eu queria jogar contra algum time da Asia da Africa da Oceania ou da America Central Norte e Caribe mas a FIFA nao estava muito disposta a “expandir” o futebol pelo mundo naqueles tempos. Mas em compensacao ela fazia questao de estampar a sua “marca” no meio do letreiro das placas de publicidade do estadio nacional de Toquio onde se lia a denominacao que todo mundo ja conhece hoje em dia ou seja European/South American Cup. Agora so nao me pergunta o porque da fifa estampar a sua “marca” no meio daquele letreiro.

  4. Vermelhinho os trofeus mudam de tempos em tempos. Ou tu achas que a taca do brasileirao de 1971 e a mesma que a taca de agora? E obvio que nao. Quanto aos mapas da America do Sul e da Europa aparecem na base da taca e a bola em cima nao significa que nao seja com o objetivo de apontar o campeao do mundo pois eram eles os representantes do mundial naquela epoca e a bola era simplesmente para ilustrar tal fato. Mas isso e o de menos. O importante desde 1960 era apontar o campeao do mundo pois foi com esse objetivo que a copa intercontinental foi criada. Portanto nao acho que seja injustica com os demais continentes que nao participaram da copa intercontinental pois as coisas vao evoluindo ao longo dos tempos. E injustica sim na minha opiniao a Fifa nao considera-los campeoes do mundo por questoes politicas ja que foram esses clubes e seus respectivos jogadores Pele Di Stefano Zico Renato etc que ajudaram a construir o que e o mundial de clubes da Fifa hoje em dia.

  5. Tomei uma decisão drástica.

    A partir de agora, fica TERMINANTEMENTE PROIBIDO vir aqui querer diminuir o título mundial do Grêmio em 1983. E não tentem me testar…

    Quem quiser falar besteira pifada, que vá a um blog colorado!

    E tenho dito.

  6. Após pesar os argumentos do Nogueira, do Cão e do Gilberto, só consegui chegar à conclusão de que o primeiro é colorado e os dois últimos, gremistas. E que vão continuar assim até o fim da vida, independentemente de qualquer debate.

Os comentários estão desativados.