Quando nem a direita acredita nas mentiras reaças

Semana passada, recebi novamente aquela “corrente” sobre a “bolsa bandido”, que teria sido supostamente criada pelo governo Lula – mentira destroçada pelo Vinicius Duarte. Obviamente respondi, e como o meu amigo havia mandado o lixo e-mail sem usar a opção “com cópia oculta”, cliquei em “responder a todos”, enviando apenas o link para o texto do Vinicius, nada mais, para que mais gente recebesse o “antídoto” contra a mentira.

Já recebi duas respostas – ambas apenas para mim, e não para todos. Uma delas foi a que mais me deixou satisfeito. Pois veio de um outro amigo, que é de direita. E ele disse que achara a “denúncia” sobre a “bolsa bandido” exagerada… Inclusive, me agradeceu pelo esclarecimento.

Ou seja: há uma luz no fim do túnel. Há pessoas que são conservadoras e não saem acreditando em qualquer bobagem só por ser “contra o governo Lula”. Quanto menos gente tendo mentiras como verdades, melhor.

Anúncios

4 comentários sobre “Quando nem a direita acredita nas mentiras reaças

  1. Por falar em eleições e política, vocês viram essa?

    Últimas Notícias
    02/10/2010 – 15:30

    Esporte – Futebol

    Clubes querem fim do monopólio

    Os clubes brasileiros estão acionando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que esta utilize o seu lobby esportivo e entre com uma representação no Congresso Nacional exigindo a quebra do monopólio de títulos no estrangeiro. A ação seria realizada após as eleições.

    A proposta teria como objetivo uma melhor distribuição desses títulos. A maioria dos clubes se sentem prejudicados pela situaçao atual.
    “Não é justo. A gente tenta Libertadores, Copa Sulamericana e até torneios amistosos, mas o mercado de títulos internacionais está monopolizado pelo Internacional. Não conseguimos ganhar nada”, lamenta indignado um assessor de um dos clubes que não quis se identificar.

    Ele está preocupado que este monopólio se amplie ainda mais: “Estamos atentos ao Mundial de Clubes do final do ano. Se o Internacional ganhar de novo, ingressaremos na Organização Mundial do Comércio (OMC), com ou sem a CBF, com ou sem a Conmebol, porque ficará claro que o Internacional monopolizou o mercado sulamericano também porque depois dele só ganhou clube europeu.”

    A direção do Internacional não quis se manifestar sobre a ação dos outros clubes.

  2. Depois que a imprensa mostrou panfletos com símbolos da CNBB e o Silas Malafaia fazendo propaganda para o hipócrita Zémentirososserra,vejo que isso tudo virou um grande negócio.A teoria religiosa que pregam raras vezes são colocadas em prática.O que estamos vendo são benesses sendo recolhidas para terem conforto em seu abrigos que mais se parecem palacetes,com inúmeros empregados,veículos caros nas garagens e assim por diante.Se o Brasil mudou para os pobres a religião também passou a ser de interesse particular de líderes religiosos avessos à justiça social pregadas no livro Sagrado.O fim dos tempos é chegado pela postura partidária das igrejas de modo geral.

  3. Pingback: Oceano Solimões | Cão Uivador

Os comentários estão desativados.