Estadão “abre o voto”

É uma pratica infelizmente muito rara na “grande mídia” brasileira: um jornal defender, em editorial, o voto em um determinado candidato.

Pois é exatamente o que faz o jornal O Estado de São Paulo, em seu editorial de amanhã (domingo). Enquanto outros jornais insistem em (tentar) enganar seu leitor com a balela da “imparcialidade”, o Estadão deixou bem claro: apoia José Serra para presidente na eleição do próximo dia 3.

Acho que o jornal poderia já ter declarado seu apoio a Serra com um pouco mais de antecedência, é verdade. A revista Carta Capital, por exemplo, “abriu o voto” para Dilma Rousseff logo no início da campanha. Não acredito que o Estadão estivesse “indeciso”, ainda mais que nunca escondeu que é um jornal conservador, de direita.

Mas ainda assim, sua postura merece aplausos, mesmo que eu discorde totalmente das ideias que ele defende. Trata-se de uma atitude que deveria ser seguida por outros veículos da “mídia impressa”, que insistem em não assumirem sua posição, mesmo que seja óbvio qual candidato apoiam.

Anúncios

2 comentários sobre “Estadão “abre o voto”

  1. Creio que a sociedade merece uma explicação. Por que não dizer uma indenização.
    Você não pode, por lei publicar matéria paga sem identificar este ato. Estamos a anos submetidos
    à esta forma enganosa de informação. Temos que reagir, denunciar.. chega!

  2. Os barões da mídia quando falam de Liberdade de Imprensa é por que já receberam os quinhões dos contratos polpudos dos demotucanos e com isso necessitam da contrapartida para tentar alavancar as candidaturas dos seus senhores.Eles vem batendo no LULA e na DILMA desde a muito tempo e nem assim conseguiram o reconhecimento dos brasileiros.Apenas os paulistas da elite escravocrata e raivosa que vem compartilhando de suas manobras e malfeitos.

Os comentários estão desativados.