Baixaria não me surpreende nem um pouco

O editorial de ontem do jornal eletrônico Sul 21 tratou sobre a baixaria que tomou conta da campanha eleitoral para a presidência. Logo na primeira frase, uma constatação de que “os mais conceituados analistas políticos” estão precisando de mais contato com a o dia-a-dia da política brasileira.

A campanha eleitoral à Presidência da República, contrariando as previsões iniciais dos mais conceituados analistas políticos, descambou para a baixaria.

Eu não estou nem um pouco surpreso com o baixo nível da campanha. Ainda no final do ano passado, o Milton Ribeiro cantou a pedra: 2010 “seria uma coisa”. Tecendo comentários sobre o texto dele, eu disse que esta campanha que, aparentemente, terminará daqui a duas semanas (ao menos para a presidência) seria a mais suja que o Brasil já havia visto. Aliás, previsão feita também pelo Luiz Carlos Azenha.

Já o editorial de hoje do Sul 21 diz que o Brasil merece mais do que se vê na campanha. Concordo totalmente.

Anúncios