Três anos de Cão Uivador

Hoje é um dia especial para o Cão Uivador: o blog completa três anos de existência.

Desde 14 de maio de 2007, postei 851 vezes aqui, recebendo 2591 comentários (fora os de trolls que apago sumariamente desde janeiro de 2009) até o momento em que publico este texto.

Aliás, o número de comentários mostra o quanto o Cão cresceu de importância nos últimos tempos: lembro bem que o milésimo comentário foi publicado em novembro de 2008 – ou seja, um ano e meio atrás, e quando o blog tinha também um ano e meio de existência. De lá para cá, foram mais de 1500 comentários publicados – e isso que barrei os trolls!

O número de acessos também é algo a se comemorar. Um ano atrás, eu celebrava os dois anos e também as 100 mil visitas desde 17 de agosto de 2007 (quando o Cão veio para o WordPress). Agora, já são quase 174 mil – ou seja, provavelmente as 200 mil serão alcançadas em um tempo bem menor do que eu esperava em 14 de maio de 2009.

Claro que esses números não são nada se comparados com blogs ligados à “grande mídia”. Mas para um blog pessoal (mesmo que não tratando de temas exatamente pessoais), até que não é tão pouco.

Sem contar que o fato de vez que outra ter de apagar comentários de trolls indica que eu incomodo algumas pessoas com o que eu publico aqui… Digo mais: sempre que um carinha desses aparece por aqui com xingamentos, apenas me motiva a escrever ainda mais. Assim, por conta disso, quero deixar publicamente registrado meu agradecimento a tais figurinhas.

Mas agradeço ainda mais aos leitores que não aparecem por aqui para xingar – ou seja, a maioria. São aqueles que gostam de ler o que escrevo aqui, às vezes comentam, elogiam e também criticam (ninguém é obrigado a concordar com nenhuma ideia, e não esqueçamos que para formarmos nossa opinião e fundamentá-la bem é preciso saber o que pensam e argumentam os outros, nem que seja apenas para discordar).

Afinal, o que seria do Cão se não fossem vocês, leitores?

Anúncios

6 respostas em “Três anos de Cão Uivador

  1. Descobri seu blog ano passado, quando li um comentário seu no blog do Eduardo Guimarães. Desde então virou leitura quase diária, junto com o RS Urgente, Diário Gauche, Cloaca News, Kayser, Jornalismo B entre outros. Não só pra me “depurar” do noticiário da mídia dominante, mas tb pra matar a saudade das coisas do Rio Grande. Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s