Rio 2016

Desta vez, o Rio de Janeiro venceu. Depois de duas candidaturas frustradas (2004 e 2012), a cidade obteve o direito de sediar os Jogos Olímpicos de Verão no inverno de 2016 (os jogos serão de 5 a 21 de agosto). Embora no Rio isso não faça muita diferença: afinal, existe inverno lá?

Ontem, no Twitter, talvez eu tenha ficado com a fama de “do contra”. Pois enquanto via muita gente celebrando, eu preferia chamar a atenção para o que não se fala na “grande mídia” mais assistida – ou seja, Globo e Sportv (que é da mesma empresa).

Em quantas vezes será superado o orçamento inicial previsto para os Jogos? Será na mesma proporção dos Jogos Panamericanos de 2007? E será igual também na origem dos recursos? O Brasil todo irá bancar a construção das instalações necessárias? E se for assim, a plateia continuará a ser mal-educada, vaiando o(a) Presidente da República, que em 2007 salvou o Pan?

Que se façam os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Mas que não sejam despejados bilhões de reais do governo federal em apenas uma cidade: tem lugares por todo o Brasil que precisam muito mais desse dinheiro. Já que a iniciativa privada gosta tanto de gritar contra os impostos, que invista no Rio ao invés de pedir ao governo que faça tudo.

————

Claro que a realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro pode, sim, beneficiar muito o esporte brasileiro. Afinal, quem realiza um evento esportivo não gosta de dar vexame em casa. Prova disso é que, nas Copas do Mundo, o país-sede sempre passou da primeira fase – até mesmo os Estados Unidos em 1994! Provavelmente haverá mais apoio e incentivo ao esporte nos próximos anos, para que o Brasil deixe de ganhar menos medalhas no total do que a China ganha só de ouro.

E há sempre o legado dos Jogos: mais infra-estrutura para a prática esportiva. Mas é preciso planejamento para depois de 2016: em Atenas, boa parte das instalações construídas ficaram às moscas após os Jogos de 2004. Se isso acontecer no Rio de Janeiro, não valerá a pena sediar a Olimpíada.

————

Grandes eventos geram bastante expectativa. Que podem acabar frustradas. Nesse caso, penso mais em Porto Alegre e sua ânsia em “modernizar-se” com a Copa de 2014, muito bem retratada no ótimo artigo de Paulo Muzell publicado no RS Urgente – blog do jornalista Marco Aurélio Weissheimer, que está sendo processado pelos netos da Yeda (sim, são crianças de 9 e 11 anos: até parece que não estão sendo utilizadas politicamente).

2 comentários sobre “Rio 2016

  1. O Lula ganhou, o Rio vai levar, mas QUEM vai pagar essa gigantesca despesa calculada em 25 milhões?
    Claro que todos os brasileiros que terão a suprema honra de assistir pela Globo uma Olimpíada no RIO. E ainda vão dizer que “Deus é brasileiro”… na locução do Galvão Bueno.

Deixe uma resposta para gasometro Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s