Porto Alegre: conservadora e machista

Uma proposta quer regrar a vestimenta das parlamentares na Câmara Municipal de Porto Alegre. Há gente que se sente incomodada pelo uso de jeans e camisetas pelas vereadoras no plenário.

Um vereador inclusive disse que enquanto os parlamentares homens sentem-se sufocados pela gravata durante o verão, as mulheres têm mais liberdade para se vestirem. Ora, é muito simples resolver isso: derruba a obrigatoriedade da porra da gravata! Aliás, gostaria de saber para que servem as gravatas, se não para nos deixar sufocados.

Mas isso nem é o pior. Tem muita gente que defende tal absurdo, que mulher não têm de usar calça jeans e camiseta em plenário. Certamente devem achar também que o melhor mesmo é que elas parem de querer fazer política e voltem a “pilotar fogão”.

Para ser bom político, o importante não é a roupa que se veste. E foram engravatados que meteram a mão em muito dinheiro público – taí o escândalo do DETRAN para não me deixar mentir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s