“O que fazes da tua vida”

Sabe aquele famoso ditado “as aparências enganam”? Pois é, para o capitalismo são elas as determinantes, como mostrou o ótimo texto do André lá no Cataclisma 14.

Pouco importa que o cara seja uma pessoa decente, se não tiver no currículo trocentas horas de seminários e workshops (que não são de graça), cursos de línguas estrangeiras (igualmente pagos), e claro, a experiência (de tanto a pedirem para qualquer porra, vai chegar a hora em que ninguém mais a tem por não ter recebido uma primeira chance).

Ao mesmo tempo, se o cara tiver tudo o que o “mercado” pede, não significará problema ser um baita “pau no cu”. E, mais, pode até mesmo ser um zero à esquerda, mas que fez curso de inglês e é amigo do primo em terceiro grau do dono da empresa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s