O fim do “PT gaúcho”

Até pouco tempo atrás, dizia-se que o PT só se salvava no Rio Grande do Sul, onde era “autêntico”.

Mas, a gauchada demorou a perceber que essa afirmação não era lá muito verdadeira. Na eleição municipal de 2008 em Canoas, aconteceu uma coligação PT-PPS, que venceu o pleito, liderada pelo petista Jairo Jorge. Conforme escrevi em agosto, nada é dado “de graça”: o PPS apoiou o PT em Canoas, logo iria querer algo em troca.

O que o PPS ganhou? Um carguinho para Cezar Busatto

Não bastasse essa, já tinhamos a defesa por parte do deputado estadual Adão Villaverde da revisão de nota oficial do PT que condenou veementemente o genocídio na Faixa de Gaza.

A pequena esperança do PT retornar ao Piratini em 2010, foi-se por água abaixo. O voto da classe mérdia, obviamente o partido não obtém. E da esquerda, fica cada vez mais difícil, visto que o PT caiu na “vala comum”, tornou-se igual aos outros.

Não foi com a nomeação de Busatto, nem com a aliança PT-PPS. Isso apenas fez a máscara cair. O “PT gaúcho”, autêntico e aguerrido, acabou. Apenas restam alguns bons nomes lá, como Olívio Dutra e Raul Pont.

3 comentários sobre “O fim do “PT gaúcho”

  1. O PT gaúcho cometeu harakiri quando decidiu não apresentar a candidatura de Olívio Dutra à re-eleição, colocando o Tarso Genro no lugar. Assinou um atestado dizendo que achava seu próprio governador imprestável para ser candidato. E olha que tinha sido o melhor governo do estado desde o Brizola, o que não é pouco.

    Depois seguem as trapalhadas, as candidaturas medíocres e, de pouco em pouco o partido definha no estado onde era mais forte.

    Posso falar de cadeira pois no meu estado (Paraná) o partido nunca prestou pra nada…

  2. É verdade, André.
    Embora aparentemente houvesse uma certa coerência na escolha do Tarso – o PT gaúcho sempre fora contra a reeleição -, acabou sendo um tiro no pé. Primeiro, porque em 2000 o Raul Pont já havia tentado a indicação do partido para concorrer à reeleição em Porto Alegre (perdeu para adivinha quem?). Aí para 2002, em vez do PT trabalhar uma candidatura de consenso, deixou que Olívio e Tarso se digladiassem (é assim que se escreve?) pela candidatura, e a derrota do Olívio pegou muito mal para o PT.
    Aí, para concorrer, o Tarso teve que renunciar à prefeitura de Porto Alegre, descumprindo promessa feita em 2000 de que ficaria quatro anos. Resultado: Rigotto ganhou, e a vantagem do Tarso em Porto Alegre no 2º turno de 2002 foi de aproximadamente 3 mil votos, um nada em comparação com votações anteriores do PT na Capital.
    E depois disso, a maior vitória eleitoral do PT no Estado foi a de Canoas ano passado, mas quando já havia vendido a alma ao diabo. Governo do Estado ou Prefeitura de Porto Alegre, tão cedo não ganha. Se é que voltará a ganhar.

    Abraços

  3. Camarada Rodrigo vc deve se lembrar do tal do Pacto “Pelo” Rio Grande. Pois é, o Busatto foi um dos cabeças desse Pacto e contou com a ajuda “decisiva do Raul Pont” (nas palavras do próprio Busatto) para aprová-lo. Esse Pacto neoliberal foi aprovado por unânimidade na Assembléia Legislativa.

    Já o Olívio tenho um artigo dele apoiando a Reforma da Previdência do Lula q privatizou parte da Previdência e taxou os aposentados. É preciso lembrar q meses antes o PT denunciou Rigotto na campanha por ele ter votado contra os aposentados….

    Tenho tb uma entrevista em q Olívio nega o caráter privatizante das PPPs q foram aprovadas pelo Governo Lula, só q aqui o partido foi contra as PPPs do Fogaça.

    Tenho dito àqueles q andam desesperançados e q ñ entendem direito o q aconteceu com o PT q leiam Lenin e Rosa Luxemburgo q travaram verdadeiras batalhas na esquerda contra os oportunistas no movimento dos trabalhadores.

Deixe uma resposta para Rodrigo Cardia Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s