O fim do “PT gaúcho”

Até pouco tempo atrás, dizia-se que o PT só se salvava no Rio Grande do Sul, onde era “autêntico”.

Mas, a gauchada demorou a perceber que essa afirmação não era lá muito verdadeira. Na eleição municipal de 2008 em Canoas, aconteceu uma coligação PT-PPS, que venceu o pleito, liderada pelo petista Jairo Jorge. Conforme escrevi em agosto, nada é dado “de graça”: o PPS apoiou o PT em Canoas, logo iria querer algo em troca.

O que o PPS ganhou? Um carguinho para Cezar Busatto

Não bastasse essa, já tinhamos a defesa por parte do deputado estadual Adão Villaverde da revisão de nota oficial do PT que condenou veementemente o genocídio na Faixa de Gaza.

A pequena esperança do PT retornar ao Piratini em 2010, foi-se por água abaixo. O voto da classe mérdia, obviamente o partido não obtém. E da esquerda, fica cada vez mais difícil, visto que o PT caiu na “vala comum”, tornou-se igual aos outros.

Não foi com a nomeação de Busatto, nem com a aliança PT-PPS. Isso apenas fez a máscara cair. O “PT gaúcho”, autêntico e aguerrido, acabou. Apenas restam alguns bons nomes lá, como Olívio Dutra e Raul Pont.

Anúncios

3 respostas em “O fim do “PT gaúcho”

  1. O PT gaúcho cometeu harakiri quando decidiu não apresentar a candidatura de Olívio Dutra à re-eleição, colocando o Tarso Genro no lugar. Assinou um atestado dizendo que achava seu próprio governador imprestável para ser candidato. E olha que tinha sido o melhor governo do estado desde o Brizola, o que não é pouco.

    Depois seguem as trapalhadas, as candidaturas medíocres e, de pouco em pouco o partido definha no estado onde era mais forte.

    Posso falar de cadeira pois no meu estado (Paraná) o partido nunca prestou pra nada…

  2. É verdade, André.
    Embora aparentemente houvesse uma certa coerência na escolha do Tarso – o PT gaúcho sempre fora contra a reeleição -, acabou sendo um tiro no pé. Primeiro, porque em 2000 o Raul Pont já havia tentado a indicação do partido para concorrer à reeleição em Porto Alegre (perdeu para adivinha quem?). Aí para 2002, em vez do PT trabalhar uma candidatura de consenso, deixou que Olívio e Tarso se digladiassem (é assim que se escreve?) pela candidatura, e a derrota do Olívio pegou muito mal para o PT.
    Aí, para concorrer, o Tarso teve que renunciar à prefeitura de Porto Alegre, descumprindo promessa feita em 2000 de que ficaria quatro anos. Resultado: Rigotto ganhou, e a vantagem do Tarso em Porto Alegre no 2º turno de 2002 foi de aproximadamente 3 mil votos, um nada em comparação com votações anteriores do PT na Capital.
    E depois disso, a maior vitória eleitoral do PT no Estado foi a de Canoas ano passado, mas quando já havia vendido a alma ao diabo. Governo do Estado ou Prefeitura de Porto Alegre, tão cedo não ganha. Se é que voltará a ganhar.

    Abraços

  3. Camarada Rodrigo vc deve se lembrar do tal do Pacto “Pelo” Rio Grande. Pois é, o Busatto foi um dos cabeças desse Pacto e contou com a ajuda “decisiva do Raul Pont” (nas palavras do próprio Busatto) para aprová-lo. Esse Pacto neoliberal foi aprovado por unânimidade na Assembléia Legislativa.

    Já o Olívio tenho um artigo dele apoiando a Reforma da Previdência do Lula q privatizou parte da Previdência e taxou os aposentados. É preciso lembrar q meses antes o PT denunciou Rigotto na campanha por ele ter votado contra os aposentados….

    Tenho tb uma entrevista em q Olívio nega o caráter privatizante das PPPs q foram aprovadas pelo Governo Lula, só q aqui o partido foi contra as PPPs do Fogaça.

    Tenho dito àqueles q andam desesperançados e q ñ entendem direito o q aconteceu com o PT q leiam Lenin e Rosa Luxemburgo q travaram verdadeiras batalhas na esquerda contra os oportunistas no movimento dos trabalhadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s