É preciso pensar no Galo

Muito se tem falado sobre o jogo Goiás x São Paulo. Alguns jornalistas estão irados pelo fato do clube goiano ter perdido o mando de campo na última rodada do Campeonato Brasileiro, o que pode prejudicar o Grêmio na briga pelo título. E agora estão se achando “os tais”, já que o Grêmio decidiu ir ao STJD para que o Goiás jogue com o São Paulo no Serra Dourada.

Só que, antes de se preocupar com o jogo do Goiás, o Grêmio tem é que fazer o que disse o técnico Celso Roth: pensar no Atlético-MG. Se o Tricolor gaúcho não vencer o Galo, o Goiás pode meter qualquer goleada no São Paulo e mesmo assim o campeão será o Tricolor paulista. O Olímpico terá de estar lotado no próximo domingo.

Sem contar que, como foi dito no post do dia 24 de novembro (quando eu considerava tudo perdido), se o Grêmio não for campeão, não será por causa da perda do mando de campo do Goiás, ou culpa da derrota para o Vitória no dia 23.

Anúncios

22 respostas em “É preciso pensar no Galo

  1. Camarada Rodrigo saudações do campeão de tudo, 100 anos na 1ª divisão!

    Vc sabia q o Atlético desde 2003 ñ perde na última rodada do Brasilerão?
    Q adora estragar festas como a do Palmeiras ano passado e do Flamengo este ano no Maracanã?
    Q ano passado ele empatou com vcs aqui?
    Por isso já havia alertado: ele é de doer de ruim mas é traiçoeiro.

    Mas acredito q o principal ingrediente está do outro lado. Estão falando e fazendo mta besteira. O Grêmio e o Goiás: é Paulo Baier, é Vitor, é Hélio dos Anjos, é ingresso no STJD,… Tudo isso está chegando aos ouvidos dos são-paulinos.
    Estão motivando o SP sem perceber. Se os paulistas estavam tensos, nervosos com a possibilidade de perder o título, agora vão entrar domingo salivando.

    E tem mais outro ingrediente: nunca na História a dupla Grenal ganhou no mesmo ano cada um um título relevante. Como ganhamos o nosso ontem…

  2. Muito interessante o anúncio de duas páginas na Zh de hoje acerca da conquista de ontem: o primeiro começa com o título Campeão de Tudo (ou seja, não há mais o que ganhar) a segunda termina com Inter.Mortal (quando será o enterro?)

    • É… Já que eles dizem não haver existir imortalidade (lembro que “enterraram” o Grêmio no programa do Milton Neves e três dias depois ganhamos dos morangos), eu também queria saber que dia é o enterro…

  3. Rodrigo, ja que tu fala em “morangos”, me sinto a vontade para usar o termo “gazelas.
    Vocês, as “gazelas sulistas” sempre tem esse papo de “imortal” pra lá, imortal pra cá… Uma grande besteira, né?! Pois bem, a ZH (tradicional por ser torcedora do Grêmio) publicou a frase “Inter Mortal”, pois “matou” o Estudiantes; não há nada de Highlander nisso… somente que o Inter é um time que liquida, aniquila, decepa, destroi seus adversários. Assim como Boca, Chivas, Universidad Católica e Grêmio (Gazelas Sulistas) conhecem muito bem através da recente Copa Sul Americana. Então, Gremistas, não me venham com esse papo… Caso vocês sejam campeões domingo, não atribuam a uma idiota “imortalidade”, e sim a futebol. Como um bom ateu, não acredito em sobrenatural, acredito no tangível, no caso, o futebol por si próprio.

  4. E a fábrica de besteiras não pára, não sente os efeitos da crise.
    Além do último comentário, tem o do Jorge Nogueira: “campeão de tudo, 100 anos na 1ª divisão”.
    1) Então o Inter não ganhará mais nada depois de ontem, né? Afinal, é “campeão de tudo”. Pressinto que 2009 será um ano muito divertido…
    2) “100 anos na 1ª divisão”. HEIN??? O Brasileirão é disputado desde 1971, e só em 1988 passou a ser disputado em divisões, com acesso e descenso. Logo, essa de “100 anos na 1ª divisão” é mais uma pérola com a qualidade da fábrica da Padre Cacique!

  5. Ano que vem começaremos tudo de novo. Esse ano fechamos um ciclo, todas competições possíveis para um clube, o Inter possui no mínimo uma taça no armário. O ano que vem, em que nosso amado clube completa 100 anos, iniciará um novo ciclo, agora de conquistas nacionais novamente, fato que abandonamos desde 2005, quando Zveiter nos tirou o Brasileiro. De lá pra cá nos focamos em títulos internacionais, e a partir do ano 1 (sim, os calendários devem ser adequados à nova contagem do tempo, pois fechou 100 anos do clube mais Internacional do Brasil) o Colorado irá em busca do 4º título nacional, 30 anos após o inédito campeonato invícto.

  6. Camarada Rodrigo em matéria de fabricação de pérolas propagandísticas enganosas admito q “nada pode ser maior” do q vcs: “imortal”, jamais nos matarão,…” KKK

    O “Campeão de Tudo” significa q conquistamos todos os campeonatos em disputa. Vc sabe disso! Ñ tem nada a ver com ñ vai ganhar mais nada ou ñ vai precisar ganhar mais nada! Mto pelo contrário, essa posição coloca a torcida Colorada em uma postura ainda mais exigente com o clube. Mas se vcs quiserem continuar dizendo q ñ vai mais ganhar, q vai parar de acontecer, sigam em frente pq tá dando uma sorte danada… KKK

    Os “100 anos na 1ª divisão” significa q nos 100 anos da História do clube ele jamais passou por esse vexame, ao contrário de outros clubes aí. Todo mundo sabe q o Brasileirão só começou em 1971. KKK

    Por fim ñ li a ZH de ontem e ñ posso opinar direito, mas prefiro ser um “mortal” q nunca caiu do q um “imortal” q vai pra Segundona (vide os “imortais” Grêmio e Atlético).

    Inter: único clube das Américas campeão de tudo, vai ter q jogar em outros planetas!
    100 anos na primeira divisão!

  7. “Ano 1”? Puta que pariu…
    Se o Inter é “100 anos na primeira divisão”, o Grêmio é “105 anos campeão do mundo”. Sim, o Mundial só começou a ser disputado em 1960 e o Grêmio só foi vencer em 1983 (23 anos antes dos colorados, que quase morreram de tanta dor de cotovelo), mas o Grêmio já na sua fundação em 1903 estava destinado à glória.

  8. Camarada Rodrigo o Toyotão nunca foi Mundial nem aqui e nem no Japão! KKK
    O Hamburguer, digo, Hamburgo estava tão interessado no jogo q levou só 3 reservas! KKK
    Aliás os europeus priorizavam tanto o “mundial” q em mtas vezes nem o vice campeão ia disputar!
    Foi preciso 23 anos para vcs descobrirem a verdade! 23 anos vivendo uma mentira! E quem lhes mostrou a verdade? O Colorado “Campeão de Tudo” e “Sempre na 1ª divisão”.
    Além do Colorado a verdade está nos sites da Fifa e do Boca, q disse q era o 1º argentino a jogar um mundial!

    Como o Boca ñ ganhou o Mundial no ano passado então o Inter é o ÚNICO clube das AMÉRICAS a conquistar TODOS os campeonatos vigentes! Por isso repito:

    INTER: ÚNICO CLUBE DAS AMÉRICAS CAMPEÃO DE TUDO!

    O resto é chororô e Segunda! KKK

  9. Em meados dos anos sessenta, o Inter Mortal, perdeu um jogo amistoso para o time do Celupa (uma papelera de Guaíba que não existe mais), só para citar um exemplo de vexame, de uma extensa galeria. Se não estou errado esse portentoso time guaibense virou o Sport Clube Itapuí.

    Perder para o Ipatinga, tendo o melhor grupo de jogadores do Brasil segundo se afirma, não é um vexame? E a goleada para o futuro segundino Vasco da Gama é o que? E a Portuguesa no Canindé como foi?

  10. “O Toyotão nunca foi mundial”, disse o camarada Jorge Nogueira.
    Então, alguém me explique o motivo pelo qual a PIFA decidiu, a partir de 2005, assumir a organização do Mundial no Japão. Pois fizeram aquele torneio de verão em 2000, que não teve lá muita credibilidade: o Manchester United, campeão europeu em 1999, mandou um time de reservas. Foi eliminado com uma rodada de antecipação ao perder por 3 a 1 para o Vasco, campeão da Libertadores em 1998 Quem deveria participar como representante sul-americano, para dar credibilidade àquele “Mundial”, seria o Palmeiras (campeão da Libertadores em 1999), só que aí os jogos no Rio seriam um fracasso de público – dinheiro acima de tudo, inclusive do futebol, eis a preocupação da PIFA.

  11. Em tempo: se os europeus não queriam disputar, o problema é deles. Eu sou Campeão do Mundo há 25 anos (ou melhor, há quase, os 25 anos se completam na próxima quinta-feira, 11 de dezembro), queiram ou não a PIFA ou os colorados!

  12. Foi preciso 23 anos para vcs descobrirem a verdade! 23 anos vivendo uma mentira! E quem lhes mostrou a verdade?

    Rodrigo, aqui um exemplo, simplório, da disputa de imaginário.

  13. Quer dizer q o grande vexame da História do Colorado foi perder um jogo amistoso pra Celupa? Deu rebaixamento? KKK
    Mas o Xará em seus delírios cita até a Portuguesa e o Vasco (q ele tb perdeu) e o Ipatinga (q só ganhou com gol impedido).

    Camarada Rodrigo como vivemos em uma sociedade capitalista ñ se pode acreditar q tanto a Fifa qto a Toyota ñ busquem interesses lucrativos (vale lembrar q no tempo do Toyotão o clube sequer poderia utilizar o seu patrocinador no jogo).

    O Palmeiras jogaria o Mundial de 2001 q seria na Espanha, há a tabela na internet disponível para quem quiser ver quais clubes disputariam.

    Pois é só q depois q a Fifa assumiu os europeus passaram a priorizar o Mundial, tanto q um dirigente do Milan qdo divulgou, no segundo semestre, a lista de prioridades do clube para a temporada 2007-08 colocou no topo da lista o Mundial.

    Considerar um jogo entre um europeu e um sulamericano como Mundial sendo q há outros continentes no mundo, corresponderia a chamar um Rio-SP de brasileirão. E olha q por um período se acreditou q só no eixo Rio-SP se jogava futebol.
    Os africanos jogam seu continental desde os anos 60. A Concacaf idem. Pq nunca foram chamados?

    Ñ são campeões do mundo! Nunca foram! Só Intercontinental (disputa de 2 únicos continentes).
    Enqto isso o Colorado é o ÙNICO clube da AMÉRICA campeão de TUDO!
    100 anos na 1ª divisão!
    Está em todos os registros oficiais!

  14. Gremistas, populares gazelas, nao tenham tantos “faniquitos”.
    É inegavel que o Inter é maior clube que o Grêmio. Inter tem todos títulos disponíveis, sempre esteve na elite do futebol brasileiro, possui mais vitórias em clássicos. Algum gremista pode me falar o contrário? Claro que não… Se sim, me mostrem o porque! Eu mostrei… fim de papo!

    • Vamos pegar títulos nacionais e internacionais, que é o que interessa.
      Mundial: Grêmio 1 x 1 Inter
      Libertadores: Grêmio 2 x 1 Inter
      Recopa: Grêmio 1 x 1 Inter
      Sul-Americana: Grêmio 0 x 1 Inter
      Brasileirão: Grêmio 2 x 3 Inter
      Copa do Brasil: Grêmio 4 x 1 Inter
      Gauchão: Grêmio 35 x 38 Inter
      SALDO: Grêmio 45 x 45 Inter

      Ou seja: ambos têm a mesma grandeza!

  15. Engraçado que a sonomaericana não tinha importância nenhuma até o sport club ter chance de conquistar… me lembra uma tal de recopa, que ninguém dava bola e, uma semana antes do jogo contra o TCHUTCHUCAS, virou a “tríplice coroa”.

  16. A frase de efeito gremista dos anos 80 era “Nada pode ser maior”… com fundo sonororo de uma cópia do grito de guera da seleção da Holanda de 74.
    Parece que esqueceram a frase depois do segundo rebaixamento, para trocar pela tal de “imortalidade” e cânticos de torcidas argentinas.

  17. Antes da final com o Boca pela Libertadores, e após, li nos blogs do ClicRbs inúmeras críticas a torcida do Grêmio, como cópia do estilo portenho. A Geral do Grêmio seria ridícula, sem personalidade, risível, entre outros adjetivos. Passado um certo tempo constato que a torcida vermelha tornou-se a cópia da cópia, estão lá as faixas transversais, a bandeira do RGS e os movimentos com os braços, típicos dos argentinos. Imagino que também estão gritando – Ah! eu sou gaúcho! Ah! eu sou gaúcho!

    Meu espanto ficou maior quanto vejo na torcida do Inter em La Plata uma faixa com os dizeres – Inter Trago e Churrasco. Quer dizer uma derivação das músicas da Geral. Tudo isso para a cópia da cópia ficar mais “autentica”.

    Como diria o Cristovão Feil, coisas da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s