As tias chatas

Muita gente diz detestar o Natal por causa da reunião de família. Afinal, é a ocasião em que se encontram aqueles parentes que vêm nos dar “feliz Natal” para depois não dar notícias até o próximo Natal. Felizmente não é o meu caso: na minha família não se fazem grandes celebrações, reunem-se não muitas pessoas. Detesto o Natal porque acho tal comemoração uma grande besteira, já que não sou nem cristão, nem lojista.

Mas sei que muita gente sofre com isso. No Natal, aparecem aqueles parentes que somem o resto do ano, e, principalmente… Aquela tia chata! (Felizmente também não é o meu caso, na minha família não tem tias chatas.) Aquela tia perdida que enche o saco fazendo perguntas. Não tem o que falar, então fica perguntando, para que o questionado fale com ela. E não pára de fazer “elogios”, do tipo “Como tu cresceu!”, “Como tu tá bonito!”, e coisas do gênero.

Falei que não era o meu caso. Não pela família. Pois minha mãe tem uma amiga que pelo jeito percebeu que não tenho nenhuma tia chata e decidiu tornar-se uma! Embora não faça os “elogios” (pelo menos isso!), adora fazer perguntas. E ainda faz aquela típica de quando se questiona um adolescente, não um homem de 26 anos: “E as namoradas?” – assim, no plural.

Na última vez, nem respondi: preferi ficar calado e passar por chato, do que abrir a boca e confirmar, já que eu não seria nada elegante se respondesse corretamente, ou seja, “isso não é da tua conta”.

Mas da próxima vez, acho que vou responder. Não da forma acima, mas debochando – nada melhor do que debochar de uma “tia chata”. Só preciso pensar na resposta, já que tenho mais de uma possibilidade:

  1. Nada de namoradas. Não pratico a poligamia.

  2. Elas vão bem, e os teus namorados, vão como?

  3. Tu tem uma filha para me apresentar? (A hipotética filha dela não é prima, já que ela não é tia de verdade – é só uma “tia chata”.)

  4. Bah, estou com saudade das minhas loiras! Faz mais de uma semana que não as encontro! Acho que vou pro bar encontrá-las agora mesmo, elas devem estar geladinhas me esperando…

Acho que vou optar pela última. Afinal, para agüentar uma “tia chata”, só bebendo mesmo!

Anúncios

7 comentários sobre “As tias chatas

  1. “NamoradO, por favor. Respeite minha opção sexual.”

    Apesar de ser uma resposta que poderia queimar MUITO o teu filme, seria engraçadíssimo ver a cara da tal “tia chata” no momento exato da resposta.

  2. Pingback: A ditadura da felicidade natalina « Cão Uivador

  3. “NamoradO, por favor. Respeite minha opção sexual.”
    uhyaUHAHUAHUAHUAHUAUH IA SER RACHACÇÃO D+++++++

  4. kkkkkkkkk! Usei a resposta número 2 kk! Mas foi com um tio. Ele não é chato, mas sempre que me vê faz essa pergunta das namoradas.

  5. eu adorei e legal minha tia e chata as vezes mas namorado ta de bricandera kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  6. Pingback: Feliz Nateu! « Cão Uivador

Os comentários estão desativados.