Eleições do DCE da UFRGS

Na próxima terça-feira, 20 de novembro, inicia-se o processo eleitoral do DCE da UFRGS. Quatro chapas disputam o direito de representarem os estudantes da maior universidade do Rio Grande do Sul. A votação irá até a quinta-feira, dia 22.

Não conheço bem as propostas de cada chapa, mas sei de seus posicionamentos quanto às cotas: as chapas 1, 2 e 4 são favoráveis, enquanto a 3 é contrária.

Sou crítico à adoção de cotas por critério racial: reserva de vagas por cor da pele lembra reserva de espaços como acontecia na época do apartheid na África do Sul. Prefiro o critério social, baseado na renda. Reservar vagas de acordo com a cor da pele dá a impressão de que uma pessoa, por ser negra, é menos inteligente, quando na verdade o baixo número de negros na universidade deve-se à baixa renda e conseqüentemente um pior preparo para o vestibular. Ou seja: é por causa da pobreza na qual se encontra a maioria da população negra brasileira.

Não nego que exista racismo no Brasil (e existe muito!), mas no vestibular o problema não é racial, e sim social. E só adotar cotas não adianta: tem de ser medida de emergência, pois a solução para o problema passa pela melhoria dos ensinos Fundamental e Médio, não basta só colocar gente na universidade.

Porém, não votarei na chapa 3. Pois lá certamente não há apenas pessoas com boas intenções. Lembrei do texto do Veríssimo que publiquei aqui, em agosto.

Dentre as chapas 1, 2 e 4, opto pela 1, um “voto útil”: provavelmente haverá polarização dos votos entre as chapas 1 (que representa a atual gestão) e 3. E como o sistema não é proporcional (como eu defendo), quem tiver mais votos “leva tudo”. Não dá para arriscar, então vou de 1.

Anúncios

2 respostas em “Eleições do DCE da UFRGS

  1. E para complementar meu próprio texto: agora que já estão aprovadas as cotas, de nada adiantaria um DCE contrário.
    Só serviria para criar um clima ruim para os que ingressarem na UFRGS via cotas: já há grupos (estes sim, racistas) que pregam boicote a alunos cotistas. O que, seja-se favorável ou contrário às cotas, é inaceitável.

  2. Rodrigo,

    Dá uma olhada no que eu publiquei a respeito. Infelizmente, ao invés de procurar as respostas na história e de procurar se pôr no lugar do outro, a classe mérdia embarca na cantilena midiota.

    []’s,
    Hélio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s