Las Cucarachas

Li na seção “Cartas” da Zero Hora de hoje a reclamação do leitor Julio Felippe: em um ônibus da linha 436 (Jardim Ipê), baratas circulavam pelas poltronas. Isto mesmo: baratas.

Eduardo Beuren, gerente do consórcio Unibus (responsável pela linha 436), afirmou que nem sempre é possível manter os ônibus em boas condições de limpeza.

Isto me parece mais falta de fiscalização por parte da EPTC, do que impossibilidade de fazer limpeza… Mas nada disso me parece estranho, com o desgoverno vivido por nossa Porto Alegre.

Anúncios

2 respostas em “Las Cucarachas

  1. Isso é por causa da sujeira que são as pessoas que usam os ônibus que fazem. Querer que se fiscalize se o cobrador varreu ou não varreu o ônibus no terminal é dose. Agora, quem come salgadinho e joga o saquinho no corredor do ônibus vai sempre conviver com baratas.

  2. Não tem como fiscalizar cada ônibus que anda pela cidade, são muito mais de mil. Mas, e as garagens? Essas não são tantas. Pode ser que as condições de higiene sejam péssimas, e que de lá as baratas tenham entrado no ônibus. Se não a EPTC, algum órgão tem de fazer fiscalização.
    As baratas podem ser fato isolado, que por acaso tenham acontecido nesta administração municipal, e não na anterior. Mas que os nossos ônibus estão cada vez piores, estão. E não acho que isso seja por acaso.
    Claro que isso não isenta de culpa as pessoas que sujam os ônibus – pois é a sujeira que atrai baratas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s